12 lições que aprendemos com a Igreja Perseguida


12 lições que aprendemos com a Igreja Perseguida
12 lições que aprendemos com a Igreja Perseguida

Lição 1: A perseguição acelera o crescimento da igreja
Cristãos norte-coreanos afirmaram que Deus está presente mesmo no vale da sombra da morte. Do país que lidera há mais de uma década, no topo da Lista Mundial da Perseguição, chegam os mais incríveis relatos de verdadeiro cristianismo.

Lição 2: Nossas orações ultrapassam fronteiras
Infelizmente, nem todos os cristãos que são raptados por grupos extremistas islâmicos são resgatados ou encontrados com vida. Mas há alguns casos excepcionais onde a maioria consegue escapar. Esses cristãos perseguidos atribuem a liberdade como resposta de muitas orações.

Lição 3: Orar “com” alguém é mais eficaz do que orar “por” alguém
Essa afirmação veio de uma jovem síria que foi entrevistada por um colaborador da Portas Abertas que atua no país: “Não orem por nós, orem conosco, pois é isso o que nos dá força. Orem pela paz em nosso país e orem com muita fé, pois temos esperança de que tudo vai melhorar”. A jovem finalizou com essas palavras de fé “Eu sei que Deus não vai falhar”.

Lição 4: Deus usa todos os meios para resgatar vidas
Cristãos no Butão encontraram uma forma bem criativa para evangelizar. Eles estão reproduzindo CDs e DVDs de músicas cristãs para alcançar os corações dos butaneses, alegando que o trabalho de distribuição de Bíblias e panfletos não funcionou muito bem para eles, mas que com a música, muitos estão se rendendo ao amor de Jesus.

Lição 5: Perdoar traz paz de espírito
Um jovem cristão que vive na República Centro-Africana ficou muito ferido após um ataque do grupo extremista Seleka, em 2013. Infelizmente, ele ficou com algumas sequelas definitivas que o limitam fisicamente. No começo, ele disse ter questionado muito a Deus. “Sentia raiva dos militantes, principalmente quando via as cicatrizes em meu corpo. Mas Deus me ensinou a arte do perdão e ministrou em mim a paz de espírito.”, revelou o cristão.

Lição 6: Seguir a Cristo é mais que aceitar um convite, é uma decisão
Uma família chinesa decidiu abandonar o islamismo para seguir Jesus. Eles foram humilhados e expulsos pela própria família e agora vivem em uma casa abandonada, mas estão convictos de sua fé e não pensam em voltar atrás.

Lição 7: Não devemos temer a morte
A Igreja Perseguida entende que deve permanecer onde está, mesmo em meio à guerra, aos ataques e à violência extrema, porque os cristãos devem brilhar na escuridão. “Durante esses 5 anos passamos por situações realmente complicadas e tristes; a morte é algo que nos rodeia o tempo todo, sempre somos ameaçados, mas a nossa fé nos sustenta”, disse uma cristã perseguida que vive na Síria.

Lição 8: Devemos estar sempre preparados para dias piores
No Mali, os cristãos reconheceram que não estavam preparados para o que viria. A perseguição chegou de forma mais severa e muitos não resistiram, abrindo caminho para o sincretismo. Os líderes não estavam prontos para combater as falsas doutrinas que invadiram a igreja.

Lição 9: Todo cristão tem uma missão para cumprir
Um dos líderes da igreja no Iraque disse que se sente na obrigação de permanecer no país, mesmo quando tudo parece estar perdido. “O cristianismo no Iraque é como uma grande árvore que está aqui há mais de 2 mil anos, mas agora existem muitos inimigos querendo cortar essa árvore e se livrar dela”. Por esse motivo ele decidiu ficar. “A palavra de Deus nos instrui sobre como lidar com a opressão e a violência. Devemos ser amáveis como Cristo nos ensinou”, enfatiza o líder.

Lição 10: Recomeçar sempre, independente da situação
Nossos irmãos e irmãs no Oriente Médio estão enfrentando uma fase complicada. Eles precisam de muita iniciativa e coragem para recomeçar em diversas áreas de suas vidas. Há igrejas para ser restauradas, casas que precisam ser reconstruídas, famílias que vão iniciar do zero, sem contar os traumas psicológicos que precisam ser tratados, emoções e sentimentos que necessitam de cuidados médicos, entre muitas outras carências. Mas a igreja permanece firme e perseverante.

Lição 11: Existe alegria em meio à tristeza
Em meio a tanto trabalho e compromissos duas cristãs que vivem no Bangladesh, mãe e filha, conseguem louvar a Deus como “cantoras populares” em sua vila. “Somos compositoras e trabalhamos para Deus, conscientizando as mulheres sobre o erro do casamento infantil na região em que vivemos, o que é outro problema que o país enfrenta. Temos também 20 canções de adoração que são apresentadas nos eventos cristãos”, disse ela. Apesar da situação difícil que enfrentam por serem cristãs, as duas irradiam a alegria de Cristo por onde vão.

Lição 12: Somos dependentes de Deus
A igreja cubana tem enfrentado grandes desafios e ao mesmo tempo tem se mostrado forte e perseverante. “Aprendemos a lição mais importante que um cristão pode aprender sobre a terra, que é depender de Deus em todas as circunstâncias e acho que esse é o maior tesouro que a igreja cubana pode compartilhar nesse tempo”, explica um dos líderes que atua no país

Qual a sua reação?
Angry Angry
0
Angry
Cute Cute
0
Cute
Fail Fail
0
Fail
Geeky Geeky
0
Geeky
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
OMG OMG
0
OMG
Win Win
0
Win
WTF WTF
1
WTF
Cry Cry
0
Cry
Damn Damn
0
Damn
Dislike Dislike
1
Dislike
Like Like
2
Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 lições que aprendemos com a Igreja Perseguida

Fazer Login

Captcha!
Você não tem uma conta?
Cadastre-se

Resetar senha

Back to
Fazer Login

Cadastre-se

Captcha!
Back to
Fazer Login
Choose A Format
Personality quiz
Trivia quiz
Poll
Story
List
Video
Audio
Image